terça-feira, 29 de maio de 2012


De quem é a culpa?

3
Sabemos que a infância é o momento que os pais e responsáveis tem para instruir seus filhos moldando-lhes o caráter para a sua vida futura, mas isso tudo passa a ser sacrificado devido a necessidades na visão dos pais de mais urgência.


Encontramos em muitos livros de educação infantil, que esse é período no qual a criança mais precisa de acompanhamento por parte de seus pais, porém o próprio sistema empurra os pais para fora do lar em busca de sustento não só para ele, mas também para os filhos.


Encontramos-nos em uma encruzilhada, no qual escolher um caminho a seguir significa deixar de lado outras aquisições. E infelizmente para muitas famílias a escolha não lhes é possível. Pois a necessidade de sustentar não permite que escolha como passar mais tempo com os próprios filhos não lhes seja permitida.
Enfim, a quem iremos responsabilizar pelo consumismo infantil de nossos filhos?
Os pais por terem de trabalhar para sustentar a sua família?
As crianças por quererem aquilo que lhes parece bom?
O grupo social que incute que para ser aceito precisa-se ter algo?
As pessoas que cuidam das crianças, que também tem outras atividades?
A própria mídia que se aproveita de tudo isso?
Bem, cada caso é um caso... então isso fica para os pais refletirem.
Para diminuir esses casos recomendo que sigam os seguintes passos.
Confira algumas boas razões para você passar a fazer as contas da casa junto com seus filhos
Todos saberão qual é o real poder de compra da família.
O objetivo do orçamento, nesse caso, é fazer com que cada um tenha consciência das receitas e despesas da casa. Se os filhos já trabalham, podem ajudar os pais pagando a conta de telefone, por exemplo. No caso de filhos menores, eles podem participar do orçamento abrindo mão de alguns gastos desnecessários.
Decidir juntos se há condições, ou não, de assumir novas despesas.
Dessa forma, fica muito mais transparente e menos desgastante aquela tradicional conversa com os filhos sobre a compra de uma roupa nova ou sobre a viagem com colegas da faculdade. Tendo consciência do quanto, literalmente, sobra ou falta no fim do mês, tudo se torna mais simples.
Combater o desperdício.
Como numa dieta, todos ficarão mais atentos aos limites do orçamento e apoiando as decisões um do outro com relação aos objetivos de vida. As compras no supermercado tendem a se tornar mais controladas, bem como o uso do carro, do telefone ou da energia elétrica.
Passar menos “aperto” no fim do mês.
Controlando bem as despesas e cortando os gastos desnecessários, a receita familiar começa a cobrir melhor os compromissos financeiros. No entanto, caso isso se torne difícil de acontecer, é aconselhável que, juntos, identifiquem se não está na hora de encontrar fontes alternativas de renda, ou, então, de buscar oportunidades de emprego com salário maior.
Poder construir um patrimônio.
Com o passar do tempo, como efeito de um orçamento bem executado, as economias começarão a aparecer. Isso significa que é hora de gastar? Não: é hora de investir o dinheiro e pensar na construção ou ampliação do patrimônio familiar.
Educar e unir a família.
Criando em casa a consciência do quanto é importante gerenciar o uso do dinheiro, a família se tornará mais unida e aprenderá a conversar mais, planejar mais e manifestar suas opiniões ao grupo. Além de cultivarem maior respeito pela opinião alheia, todos se tornarão, independentemente da idade, financeiramente responsáveis.

Fontes: Portal de Ideias,  Diga não a erotização infantil


3 comentários:

Toninha Ferreira disse...

Passando para te desejar uma boa tarde.

Vamos tirar essas letrinhas em PROVE QUE VC NÃO É ROBÔ. Perco mt tempo com isso e tenho outros blogs pra visitar é só seguir os seguintes passos: entre em COMENTÁRIOS, CONFIGURAÇÕES E PROCURE O LINK EXIBIR UMA CONFIRMAÇÃO DE PALAVRAS PARA O COM MENTÁRIO? (X)Não e depois salve.

http://cantinhodatoninha.blogspot.com.br/

Boneca Bonita disse...

Olá amiga! Passei para te fazer uma visitinha, faço parte da comunidade achei blog...te convido a conhecer meu cantinho www.boneca-bonita.blogspot.com e se gostar seguir claro!..achei se blog uma gracinha...por isso já estou seguindo...beijinho

Lécia Salles disse...

Achei o seu blog lindo, muito organizado e harmonioso, deu vontade de seguir. Passe também no meu e se der vontade siga. http://leciasalles.blogspot.com.br/
abraço e não pare de escrever.

Postar um comentário